SOS da Tai

Antes de tudo se ponha do outro lado

Certa vez, eu estava com uma “amiga”, contando minhas metas.

Eu deveria ter parado de falar no mesmo momento o qual percebi que ela estava prestando atenção mais no celular do que no que eu estava falando.?

Mas, eu acreditava que ela era a melhor pessoa para eu compartilhar, então, ali estava eu, falando metas as quais para mim eram um sonho e blablablá…

Bom, enquanto eu contava, ela parava de olhar o celular por poucos segundos, apenas para soltar palavras negativas, do tipo: “isso é ridículo”, “meta impossível”, “é sério, por experiência própria, você não vai conseguir!”, sem contar as risadinhas de deboche.

Mesmo assim, eu continuava tentando um apoio, mas, tudo que eu consegui no final da conversa, foi o olhar dela de pena me dizendo: “você é ótima, estou com você!”. Mas, sabe quando as palavras parecem sair em forma de piedade e que no fundo a pessoa não acredita que você é realmente capaz?

 

Nem preciso dizer que isso me desanimou absurdamente, preciso?

Eu cheguei ao ponto de acreditar que eu não era mesmo capaz, passei os demais dias estressada e triste.

Mesmo me esforçando ao máximo, a maior parte do tempo em minha cabeça eu pensava que eu não era capaz.

O que vocês acham? Eu consegui realizar aquela meta? Obviamente não!

 

Chorei tanto, tipo assim, de me desidratar.

Mas, não foi somente por não alcançar a meta.

Foi pela falta de empatia, pois sabe aquela minha “amiga”? Me mandou uma mensagem no último dia, falando que sabia que eu não iria conseguir. ?

 

Muitas pessoas devem estar aí lendo pensando: “Aff, eu não me deixaria levar por isso!”, ou, “eu nunca mais falaria com essa guria!”, ou ainda, “ah, eu falaria umas verdades para essa mulher!”, ou pior, “você foi muito fraca, deveria acreditar em você”, entre outras coisas… não é?

Mas, é ninguém pisa com os sapatos de outra pessoa, não é verdade?

Ninguém olha para dentro da própria vida antes de falar da vida alheia, ou se coloca no lugar da outra pessoa,… bem, inteiramente e verdadeiramente, poucas pessoas fazem isso.

Eu deveria sim, ter fechado os ouvidos para toda a negatividade e ter me dedicado mais! Mas as pessoas tem o poder de nos influenciar negativamente, o nosso maior desafio será sempre ignorar e ser muito mais forte que tudo isso.

 

Caros leitores, o que eu quero que vocês aprendam com essa historinha é que não o importa o quão absurdo pareça os sonhos de outra pessoa, não cabe a você medir isso.

Para alguns pode parece absurdo você sonhar em morar em uma mansão, se é que atualmente ganha apenas um salário mínimo, mas, te falar isso pode te desmotivar ao ponto de você nem buscar ser melhor para ganhar mais e adquirir a sonhada casa, então, se não tem nada de bom para falar para alguém, então não fale nada, combinado?

Seja uma pessoa que apoia as outras, o mundo já tem pessoas negativas demais!

Não importa a situação, jamais destrua o sonho de alguém.

Empatia é contagioso! Se deixe contagiar e contagie.

 

E por fim, e não menos importante, confie em você!

Mesmo que pareça bem difícil, não deixe se influenciar pela negatividade das outras pessoas! Mas, caso você já tenha se deixado levar, se permita recomeçar hoje e sempre, todos nós podemos nos abalar as vezes, e esta tudo bem, tá?

Não deixe de acreditar que você é foda!

Você é um ser único e incrível, sabe aquele sonho que ninguém conseguiu, vai lá e mostra que você consegue! Eu estou contigo!

 

Beijinhos da Tai ❤️

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.