SOS da Tai

O PIOR DIA DO ANO

Oi leitores,

Vocês gostam de fazer aniversários? Houve um período da minha vida em que eu odiava, era para mim: o pior dia do ano.

Talvez eu ainda, não ame, definitivamente ?

 

Desde sempre, minha mãe, sempre fez tudo que podia em meu aniversário, tornando muito especial. Fazia, quase todo ano, festa surpresa e bolo de amendoim, o que não me surpreendia nunca, pois eu sabia sempre que ela jamais deixaria passar em branco. Eu nem era tão afim de festas, mas, (ah!) como eu amava o seu bolo de amendoim ?

Minha festa de 15 anos, eu sabia que aconteceria, ajudei em várias coisas, mas, minha mãe só me deixou ver o salão na hora, como surpresa, e nem preciso dizer que estava tudo incrível, né? Porém, tudo isso, eu sei que era muito mais para ela, do que para mim. ?

Meus pais, se separaram quando eu ainda era pequena, minha mãe sempre se desdobrou em 50 para que eu pudesse sofrer menos possível com esta “perda”, sei que essa era uma das formas que ela tinha de me mostrar todo o seu amor.

Sempre tive minha mãe como a minha melhor amiga, não é frase clichê, não, viu? Ela sempre foi muito aberta para conversar comigo, sempre deixou espaço para eu tomar minhas próprias decisões… Estão vendo? A culpa de eu ser doida assim é, em partes, dela ?.

Bom, fato é que, minha mãe faleceu no início de fevereiro de 2010, meu aniversário é no fim de janeiro, lembro como se fosse hoje do meu último aniversário com ela, ainda é muito claro em minha mente de que eu não tinha a mínima noção de tudo que ela representava em minha vida, mas, naquele dia, eu soube.

A imagem dela, já bem debilitada, magra, sentada na cadeira com dificuldades e a falta do bolo de amendoim na mesa, era o retrato claro de que aquele seria o pior aniversário da minha vida e que meu mundo estava desabando. Parece que até aquele momento, eu não havia me dado conta do quanto minha mãe estava doente.

Os dias se passaram e ela só piorou, e a cada dia que passava parecia que Deus ia colocando em meu coração o quanto eu ainda precisava dela, e o quanto eu não tinha aproveitado o suficiente de todo o amor dela, isso me frustrou de um jeito devastador. Em poucos dias ela se foi, e junto com ela parecia ter ido um enorme pedaço do meu ser.

Os anos foram se passando, e em todos os anos o dia do meu aniversário eu queria apenas sumir, desligar meu celular… pois, a cada aniversário, a única coisa que eu conseguia lembrar era do enorme vazio no meu coração e que nada nem ninguém seria capaz de preencher este buraco, me irritava ver as pessoas querendo me ajudar, pois eu não queria ajuda.

 

De fato, ninguém JAMAIS será capaz de preencher este espaço! Mas, durante estes 10 anos encontrei pessoas no caminho que juntas vão amenizando a dor dessa ferida que já não dói mais, é uma enorme cicatriz, que me deixa muitas lembranças, mas não há mais espaço para dor, e venho aprendendo que tudo bem receber ajuda as vezes.

Eu tinha 17 anos quando ela partiu, e lembro que fui cuidar dela no hospital em um dos poucos dias que ela ficou lá, e ela segurou firme na minha mãe e disse: “Minha pequena, esse mundo é pouco pra ti” (frase que eu mais uso hoje para todas as pessoas as quais eu acho incríveis ?).

E ano após ano, venho refletindo sobre essa frase, e também, por todo o esforço que ela tinha de me fazer ser alguém diferenciada, tantas as vezes que ela me pediu para ser mais alegre, tantas e tantas vezes que ela me pediu para eu ser acima da média, e as incontáveis vezes que ela me disse que seguir “a razão é o caminho certo, porém, sem seguir o coração você morrerá aos poucos“.

E sabe o que eu quero com toda essa história dramática?! Quero lembrar você, assim como me faço lembrar todos os dias, de que: “esse mundo é pouco pra ti”, nós merecemos mais do que um dia ruim, merecemos mais do que lembranças ruins, se for para lembrar de algo que seja de algo verdadeiramente bom!!! Que tal começar a construir maravilhosas lembranças com as pessoas que amamos, hoje?

Eu, ainda, não sou a pessoa mais adepta a aniversários (talvez, seja pelo fato de eu não ter mais o bolo de amendoim ?), todo ano é um novo desafio para mim, mas é isso que te convido a fazer, se desafie todos os dias a ser um pouco mais forte, um pouco mais corajosa, um pouco mais feliz, eu sei, não é fácil, tem dias que ainda parecem mais difíceis do que outros, mas, acredite: é possível! Você consegue!

Atualmente, gosto de pensar que, eu não tenho mais nenhum “pior dia”, eu tenho alguns dias que não são tão bons, mas, de todos os dias somos capazes de tirar algo incrível, certo?

Vamos combinar algo aqui, juramento de dedinho?! Comece a eliminar os dias ruins da sua vida e da sua cabecinha, prometa que vai aproveitar cada segundo ao lado das pessoas que você ama, sabendo que juntos estão construindo memórias para vida toda, e guarde apenas aquilo que for bom, combinado?

Não me venha com mimimi, todo mundo tem um pouco de problema, mas para todo problema tem uma solução, se ainda não deu tudo certo, é que ainda não chegou ao fim, pois no fim, bem no fim, dá tudo certo, viu? E, até chegar lá, que possamos desfrutar da vida pelo caminho com muito amor e bom humor.

 

Que você possa acordar todos os dias na esperança que o dia que começa é o melhor dia da sua vida, assim poderá tornar um dia simples em espetacular, e de quebra pode acabar tornando a vida de todos em sua volta, em uma vida extraordinária.

O simples fato de acordar, já deveria ser motivo o suficiente para agradecer, sorrir e fazer do seu dia, um dia incrível!

Bora?

 

Beijinhos da Tai ❤️

3 Comments

  1. Jaqueline Peres

    Eu simplesmente estou em prantos ???❤️ foi o texto mais lindo que já li até hoje caraca mano você e demais luz na minha vida!!! ?❤️ Parabeeeennnss meu amor pelo texto incrível!!!

  2. Kauana Maurer

    Ai ai como tu és inspiração na minha vida a cada dia que passa.. Você melhor que ninguém é prova de que após a tempestade sempre aparece um arco-íris. Que com esse texto possamos colocar na nossa cabecinha que simples atitudes diárias, não precisa ser muito, um “Bom dia” na moça da padaria pode sim mudar nosso dia. E não, não existe dia ruim, existe dia com problemas aflorados. Mas pra tudo tem seu jeito… Continue sendo essa menina cheia de luz, realmente o mundo é pequeno demais pra imensa ser humana que você é.. ❤️✨

  3. Deixei para ler de antes de dormir. Confesso que vou dormir com uma nova visão de tido. Obrigado por compartilhar estes momentos incríveis conosco. Obrigado por nos fazer acreditar que sempre haverá um dia melhor. Obrigadoooooo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.